Intendente Shopping Car

Todas as lojas em um só lugar
  • +5000 Carros Vendidos por mês
  • +150 Revendas de Automóveis
  • +10000 Carros em Estoque

Últimas Notícias

Novo Classificados de Automóveis do Rio de Janeiro
Novo Classificados de Automóveis do Rio de Janeiro
Tendo em vista a carência na divulgação online de veículos do mercado de automóveis do Rio de Janeiro, o SeminovosRJ chega ao Rio focado em potencializar as vendas dos lojistas.
Chevrolet confirma Onix Plus Midnight com visual todo preto

Entre as exclusividades estão rodas, grade e o logo da marca na cor preta. O modelo deverá ser equipado com motor 1.0 turbo de 116 cv. Chevrolet Onix Plus Midnight Divulgação/Chevrolet A Chevrolet confirmou nesta sexta-feira (18) o lançamento da série Midnight para o Onix Plus, que terá como diferencial uma aparência mais esportiva pelos acabamentos em preto. O modelo deverá ser apresentado oficialmente até o início de outubro. Mesmo com apenas uma imagem revelada, já é possível prever o visual do Onix Plus Midnight, que repetirá a receita já vista na picape S10 e no SUV Equinox. Todos os detalhes e acabamentos serão pretos, como a gravata da Chevrolet, as rodas e a grade, além da pintura da carroceria. Os faróis deverão ser os mesmos do Onix RS, com máscara negra. De acordo com a marca, a série dá um "toque extra de ousadia incomum em sedãs". A marca ainda não confirma em qual versão a série será baseada, mas ela deverá ser equipada com o motor 1.0 turbo de 3 cilindros, com 116 cv de potência e 16,8 kgfm de torque, e câmbio automático de 6 marchas. Onix RS chega antes Chevrolet Onix RS Divulgação A Chevrolet também confirmou a chegada do Onix RS ao mercado brasileiro, o que acontecerá já na próxima semana. Por enquanto, a empresa afirmou apenas que ele será equipado com o motor 1.0 turbo, já presente nas demais configurações. É a primeira vez que um veículo da empresa no Brasil recebe esta configuração. "O conceito RS na linha Chevrolet foca no aspiracional e agrega um visual bem esportivo ao veículo", disse, em nota, Hermann Mahnke, diretor de marketing da General Motors América do Sul.
Funcionários da Volkswagen de São Carlos aprovam estabilidade e plano de demissão voluntária

Proposta foi aprovada em assembleia na tarde desta quinta-feira (17) na fábrica. Funcionários da Volkswagen de São Carlos aprovam estabilidade e plano de demissão voluntária Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos/Divulgação Funcionários da Volkswagen de São Carlos (SP) aprovaram, na tarde desta quinta-feira (17), a proposta apresentada pela montadora junto aos sindicatos das cidades onde a empresa possui fábrica, para alterar pontos do acordo coletivo. A proposta aprovada prevê estabilidade de 5 anos e a abertura de um Plano de Demissão Voluntária (PDV) com pagamento de até 20 salários para quem aderir. A proposta original da empresa era demitir 35% dos trabalhadores. A votação foi feita em assembleia respeitando o distanciamento mínimo devido à pandemia do coronavírus. Além de São Carlos, o acordo já foi aprovado em São Bernardo do Campo, Taubaté e em São José dos Pinhais. Em São Carlos, cerca de 850 funcionários participaram da assembleia, que teve início às 14h30. A proposta teve aprovação de 99% dos trabalhadores. De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do município, a fábrica conta com 920 trabalhadores no total. Fábrica da Volkswagen em São Carlos Divulgação Os principais pontos da proposta da empresa em todas as fábricas foram: garantia de emprego por 5 anos para os trabalhadores; abertura de um PDV com pagamento de até 20 salários para quem aderir; fixação no valor da participação nos lucros da empresa em R$ 12.800 em 2020; correção no valor da participação nos lucros de acordo com o INPC até 2024; possibilidade de utilização do layoff até o limite de 10 meses; teto salarial reduzido em 17,05% para os horistas admitidos a partir de 2021; prorrogação por 5 anos das demais cláusulas trabalhistas do acordo coletivo que não foram tratadas nesta negociação. Além das cláusulas do acordo coletivo, a Volkswagen e os sindicatos ainda acertaram algumas propostas relacionadas a possíveis novos produtos nas fábricas de São Bernardo e Taubaté. Uma das sugestões é garantir que um modelo produzido no ABC Paulista também possa ser feito no interior, mesmo sem estar utilizando a capacidade máxima em São Bernardo. A contrapartida é que o volume de produção na primeira unidade deverá ser maior que na segunda. Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.